Precisamos nos mexer: o tempo passa, quer façamos algo ou não.

Por Enio Willian da Silva, 7 de outubro de 2017

Olá dançarinos e profissionais da dança!

Alguém já avisou vocês que a previdência social, da forma como se encontra hoje, é insustentável no longo prazo e entrará em colapso em breve? É verdade! Primeiro, porque o INSS é mal administrado. Gestão fraudulenta e corrupção nunca trazem bons retornos à população. Ele ainda não quebrou porque o governo federal injeta dinheiro lá sempre que necessário.

Segundo, porque trata-se de uma pirâmide financeira autorizada a funcionar pelo governo federal, onde os novos trabalhadores pagam aqueles que já estão se aposentando. Sabemos que toda pirâmide desse tipo não se sustenta no longo prazo.
Com o envelhecimento da população, menos jovens entram no mercado de trabalho. Essa conta não fecha, ou não fechará em breve.

Pois é pessoal! Ao contrário da dança, que pode ser praticada por pessoas de qualquer faixa etária, o trabalho tradicional pode ser desgastante com o tempo e poderemos não ter condições de continuá-lo na velhice.
Por isso, precisamos nos mexer, tanto na dança quanto em favor do nosso futuro.

É preciso “se mexer”

Se a dança faz vocês mexerem o corpo, trabalhando ele todo de forma harmoniosa, um bom planejamento fará com que vocês trabalhem o intelecto, estimulando o cérebro para lidar melhor com o futuro financeiro.

É preciso se mexer! Não coloque o futuro financeiro de vocês nas mãos do INSS, instituição que se mostrou ineficiente na gestão de recursos.
Que bom seria se cada cidadão construísse sua própria aposentadoria. Essa é a solução mais coerente e com maior chance de dar certo. Todavia, essa alternativa exige planejamento, disciplina e paciência.

 

Algo para refletir

O Brasil passa, hoje, por grandes transformações. Que tal transformarmos, também, nossa maneira de pensar e agir? O que podemos fazer, hoje, para garantirmos uma vida financeira melhor no futuro? Já pensou colocar, de alguma forma, o dinheiro para trabalhar em seu favor ou construir algo que gere renda para você?

A escolha é totalmente individual.
Executar um planejamento pessoal que durará 20 ou 30 anos, com altas chances de dar certo, ou aguardar 35 ou 40 anos por uma instituição previdenciária pública que não se preocupa em proporcionar uma qualidade de vida melhor para seus beneficiários. Lembre-se que o tempo passa, quer façamos algo ou não.

Comente, sugira e participe:

comentários

Please enter an Access Token on the Instagram Feed plugin Settings page.